quarta-feira, 14 de março de 2012

Entendendo a Pressão Alta: em crianças, adolescentes e adultos.


A pressão alta está se tornando também uma doença das crianças, porque elas estão engordando e comendo muito sal (sanduíches, pipocas, biscoitos, salgadinhos etc.).

A hipertensão arterial é mais comumente diagnosticada em crianças e adolescentes devido ao aumento e/ou excesso de peso (obesidade).

Diagnóstico e tratamento precoce da hipertensão arterial são essenciais.

Um aumento temporário da pressão arterial não é necessariamente sinônimo de pressão arterial elevada. Mesmo em crianças o medo e a tensão associadas a cafeína podem causar um aumento temporário na pressão sanguínea normal.

Fatores de risco em adolescentes:

·         Excesso de peso;
·         Hipertensão na família (em aproximadamente 50% dos casos);
·         Alguns medicamentos como: pílula contraceptiva, medicamentos contra a asma, certos medicamentos sem prescrição médica, suplementos alimentares;
·         Perturbação do sono devido ao ronco e a apneia do sono (pausas na respiração durante a noite);
·         Outros distúrbios metabólicos frequentemente associados com a hipertensão são: colesterol elevado ou resistência à insulina;

A causa da hipertensão em crianças e adolescentes, infelizmente, ainda é desconhecida, exceto nos casos de obesidade e histórico familiar.

No entanto, alguns sintomas podem guiar o médico neste diagnóstico:

·         Dor de cabeça;
·         Distúrbios visuais ou névoa diante dos olhos;
·         Sangramentos repetidos;
·         Zumbidos, vertigens;
·         Os sintomas intestinais: anorexia, vômitos;
·         A perda de peso;
·         A cessação do crescimento;
·         Sede constante;
·         Dor abdominal;
·         Paralisia facial recorrente etc.

Independentemente da causa e do tratamento (médico ou cirúrgico) você pode ajudar:

·         Reduzindo a ingestão de sódio (sal);
·         Reduzindo o excesso de peso;
·         Praticando atividade física regular.

Abaixo uma explicação bem simples e completa sobre a pressão alta que recebi por e-mail, porém sem autoria, infelizmente.


O sangue leva para nossas células todo o combustível necessário para manter a nossa vida:
- açúcar (glicose), oxigênio, hormônios e alegria.
E retira das células o lixo da combustão:
- ácidos, gás carbônico e eventuais tristezas.

Para realizar este trabalho, o sangue precisa circular por todo o organismo, assim como todos os rios correm para o mar, o sangue corre sempre para o coração.

O sangue sai com força do coração, percorre “quilômetros” de artérias e volta ao coração trazido pelas veias.

Para que o sangue possa circular pelo corpo é necessário que uma bomba (o coração) faça força (pressão) para empurrar este sangue por dentro das artérias. Ao passar dentro das artérias o sangue encontra uma resistência (pressão), provocada pelo atrito.

Quanto mais estreita é a artéria, maior a resistência (pressão) à passagem do sangue. A resistência que a artéria oferece à passagem do sangue é chamada de pressão mínima, ou diastólica e a força do coração para bombear o sangue é chamada de pressão máxima, ou sistólica.

Desta forma, quando o médico diz que sua pressão é 12 por 8, ele está informando que a pressão (força) exercida pelo seu coração para empurrar o sangue pelas artérias é igual a 12 milímetros de mercúrio (mmHg) e que a pressão (resistência) que suas artérias estão oferecendo  à passagem do sangue é de 8 mmHg.
A pressão máxima tem que ser sempre maior do que a mínima, para que o sangue possa circular. Não existe pressão de 8 por 12, nem 6 por 10, porque se a mínima for maior do que a máxima, o sangue não circula.

A pressão arterial depende da largura (calibre) da artéria. Artérias com calibre normal permitem que as pressões máxima e mínima sejam também normais. Se o calibre da artéria se estreitar, aumenta o atrito do sangue e a pressão mínima; o coração terá que fazer mais força para empurrar o sangue dentro da artéria, aumentando a pressão máxima.

Na artéria com calibre normal, tipo 12 x 7, o sangue passa sem dificuldade. Neste caso, a força que o coração faz - pressão máxima - está normal, porque a artéria tem calibre adequado e não faz grande resistência à passagem do sangue (pressão mínima normal).

Artéria com calibre reduzido, tipo 18 x 10 (pressão arterial alterada) o sangue passa com dificuldade e quando o calibre da artéria fica reduzido aumenta a resistência à passagem do sangue e, consequentemente, se eleva a pressão mínima.

Quando a pressão mínima se eleva, o coração tem que fazer muito mais força para empurrar o sangue, elevando também a pressão máxima.

A hipertensão arterial (ou pressão alta) tem sua origem no estreitamento do calibre das artérias, o que obriga o coração a também aumentar sua pressão para poder empurrar o sangue por dentro destas artérias estreitadas.

Não se conhece, até hoje, o motivo pelo qual as artérias ficam mais finas, enquanto não se descobrir este motivo, não haverá cura para a pressão alta. Os remédios para pressão alta têm a finalidade de dilatar a artéria, fazendo com que ela volte para seu calibre normal.

Quem tem pressão alta deve tomar seus remédios regularmente e não adianta tomar medicamentos durante um certo tempo e achar que está curado porque não está!

Quando a pessoa para de tomar os medicamentos a pressão volta a ficar alta e isto acontece porque o remédio não está atuando sobre a causa da hipertensão, mas sim sobre seus efeitos (o estreitamento da artéria).

Quem tem pressão alta geralmente pode, a critério médico, deixar de tomar remédios e manter sua pressão normal se:

*Reduzir o peso corporal e mantê-lo normal;
*Praticar exercícios físicos regulares, tipo caminhadas (de preferência todos os dias), por no mínimo 30 minutos;                                            
*Usar bebida alcoólica com MUITA moderação;
*NUNCA fumar;
*Evitar alimentos com muito sal e gordura;

PRESSÃO ALTA SE VOCÊ NÃO TEM, CUIDE PARA EVITAR.

SE VOCÊ TEM, CUIDE PARA CONTROLAR.

A SAÚDE É O MAIOR BEM DE TODOS NÓS.

Espero que tenha sanado algumas dúvidas com esta matéria.

Até a próxima,

Alessandra

Fonte de Pesquisa

4 comentários:

  1. Gostei muito desta materia, pois a pressão alta transformou-se numa epidemia no mundo moderno.E trata-se do corpo humano, seria muito bom se todos soubessem ou entendessem sobre a pressão alta e o blog traz isso aos seus leitores...Muito bom,estão de parabéns, blog De tudo um pouco da Família Frota Guedes também é cultura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Matias,
      Tem razão, virou epidemia mesmo, assim como a obesidade, infelizmente ...
      Obrigada pelo elogio e boa semana para você!
      Leleka

      Excluir
  2. minha filha ten 11 anos/12 reclama que tem zumbidos nos ouvidos e nao conssegue dormir gostaria que alguem me desse uma dica....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Tarde!
      O melhor que tem a fazer é consultar um médico.
      Obrigada,
      Leleka

      Excluir

Deixe um comentário, uma sugestão ou crítica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...