terça-feira, 15 de maio de 2012

13 de Maio – Dia das mães, da Abolição, dos Pretos Velhos...


Neste domingo, além de comemorado o Dia das Mães também se comemorou a Abolição da Escravatura no Brasil, o dia dos Pretos Velhos, a 1ª aparição de Nossa Senhora de Fátima ...

 
A palavra "abolir" significa acabar, eliminar, extinguir. A escravidão, que existia no Brasil há cerca de três séculos, foi oficialmente extinta no dia 13 de Maio de 1888 por meio da Lei Áurea (“Áurea” = “de ouro”), assinada pela Princesa Isabel.

Os escravos eram trazidos da África para o Brasil, e após a sua chegada pouco tempo sobreviviam. As árduas condições de vida, má alimentação, muito trabalho, falta de salubridade, resultavam numa média de vida de sete anos. Os que conseguiam sobreviver e alcançar uma idade avançada eram chamados de “Preto-Velho”, que personifica o patriarca da raça, com cabelos brancos, experiência de vida e uma enorme sapiência. O “Preto-Velho” era o sábio que consultavam e ouviam, ou seja, era aquele a quem recorriam quando queriam um conselho ou uma orientação.

Hoje os Pretos Velhos são entidades cultuadas pelas religiões afro-brasileiras, em especial a Umbanda, sendo espíritos de velhos africanos (homens e mulheres) que viveram nas senzalas como escravos e morreram de velhice.

O fato é que os escravos também tinham mãe e, por mais longe que estivessem da casa onde nasceram, dela com certeza nunca esqueceram.

Todos têm uma Mãe, seja de sangue, ou de coração, que sempre nos ajuda a caminhar nas estradas apontando-nos a via principal, nos indicando os atalhos, sustentando a coragem nas nossas travessias, seja nos desertos ou nas noites.

Podemos dizer que Nossa Senhora de Fátima é Mãe de todos. Ela nos ensina o gosto pela paz, o dedilhar amoroso do rosário, o amor pelo Reino, a opção pelo Evangelho, a oração por todos, essa é a marca dos seus filhos.

Diferente porém dos peregrinos da antiga história, sabemos que não é preciso ir a todos os santuários da terra para agradecer e encontrar com Deus, porque Ele já fez sua morada entre nós, já se fez cordeiro e altar, servo e Senhor da vida que venceu toda morte.

Espero que tenham gostado,

Alessandra

Observação: Os tópicos desta matéria foram sugeridos por uma amiga de infância, a Sandra Esasika. Obrigada pela dica!

Fontes de pesquisa:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário, uma sugestão ou crítica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...